Seguidores

quarta-feira, 6 de maio de 2009

HABILIDADES E COMPETÊNCIAS???




Embalada pela proposta de "inovação" do MEC, Mariza Abreu lança mais um projeto bombástico. Provavelmente no intuito de mostrar trabalho (logo após o 01 de maio), ou para se dizer inovadora, adiantando-se ao Ministério da Educação, a secretária da (des)educação volta às manchetes de seu "jornal oficial" com a notícia de agrupamento de disciplinas. Segundo ela, tal proposta objetiva a desfragmentação do ensino.


Na verdade, sua "reorganização curricular" tem a clara intenção de 'poupar gastos', 'enxugar a máquina', 'reduzir custos'. Organizar o currículo em apenas quatro áreas, fazendo com que professores lecionem disciplinas para as quais não são habilitados, nada mais é que dar o derradeiro passo para a destruição da educação pública gaúcha.


O mais impressionante de tudo é dizer que a mudança será implantada no ano letivo de 2010 e que o próximo (necessário) concurso público - provavelmente ainda em 2009 - já selecionará profissionais para área, em vez de disciplina. A questão é: NÃO há no RS profissionais habilitados desta maneira (se houver, o número é muito reduzido!). Desconhece a Srª secretária a existência de cursos de graduação específicos para Língua e Literatura Portuguesa, Química, Educação Física, Matemática, Biologia, Física, História, Geografia, enfim? Poucos são os cursos que preparam para "grupos disciplinares".


Na verdade, o objetivo é claro: decretar que os profissionais da educação no RS não são competentemente preparados para educar no séc. XXI. Até existe a menção de que os cursos de formação devam ser modificados. Mas isto é futuro do subjuntivo, ou seja, uma possibilidade que ainda não ocorreu. Portanto, é ilógico, insensato e insano cobrar algo para o que não existe preparação.


Ao citar o ENCCEJA (exame nacional para certificação de competências de jovens e adultos), traz à tona mais um grande equívoco na formação básica brasileira. O que tem ocorrido nos últimos anos, é um número avassalador de pessoas com certificado de conclusão de ensino fundamental e médio, sem ideia sobre os conteúdos básicos para lograr aprovação num concurso público de tais níveis. São alunos que frequentaram no máximo a 6ª série, aprovados para o ensino médio e, consequentemente, estudantes do 1º ano, concluindo mais este nível. Com a disseminação das EADs, logo em seguida, os mesmos estarão com diploma universitário.


Toda esta "evolução" educacional, na prática, significa formação de mão-de-obra barata ou analfabetismo funcional em nível superior. Desta forma, cada vez o Brasil engrossará mais o número de favelas, empregos informais, desempregados por falta de preparo básico e, quiçá, tornar-se-á um grande exportador de "peões" para os países desenvolvidos (imperialistas). Este, sem dúvida, é o grande objetivo neoliberal na educação.


Outro aspecto relevante de toda a "proposta revolucionária" é a imposição, feita de cima, como é comum ocorrer no atual governo. No famoso DVD "lições do RS - professor nota 10" foram ventiladas as mudanças, mas - até onde se tem conhecimento - não houve nenhuma consulta aos reais interessados e envolvidos em tal processo...

3 comentários:

Tiaka disse...

Agora é possível ver com mais precisão o tamanho do ataque: Plano de Carreira + Lei do Piso + "Palestras" DVD "Lições do RS - professor nota 10" + Parcerias Público-Privadas + "reorganização curricular" = Mercantilização
No C.E. Florinda TUBINO Sampaio/POA os colegas e os estudantes estão discutindo muito a "reordganização curricular".

ORLANDO disse...

É A LOGICA NEOLIBERAL PARA EDUCAÇÃO, OU SEJA VISA DIMINUIR CUSTOS, AUMENTADO A EXPLORAÇÃO DOS EDUCADORES, VISA DIMINUIR O NÚMEROS DE PROFESSORES, REAFIRMA QUE O IMPORTANTE PARA O NEOLIBERALISMO QUE OS FILHOS DOS TRABALHADORES SÓ SAIBAM LER E CALCULAR, O RESTO NÃO TEM IMPORTÂNCIA, ESTA PROPOSTA NA PRÁTICA VAI REBAIXAR A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO, SUA LÓGICA NÃO É A INTERDISCIPLINARIDADE, E SIM A DESCONCIDERAÇÃO A CERTOS CONTEÚDOS E A DIMINUIÇÃO DE CUSTOS, DEVIDO A FORMAÇÃO PROFISSIONAL E PELO NÍVEL DE CONHECIMENTO HOJE ATINGIDO PELA HUMANIDADE É IMPOSSÍVEL QUE UM INDIVÍDUO DOMINE DIVERSOS CONHECIMENTOS EM PROFUNDIDADE PARA O ENSINAMENTO, O QUE LEVARÁ A SUPERFICIALIDADE, LÓGICAMENTE DIMINUIRÁ O INTERESSE PELO JOVEM ÀS AULAS APROFUNDANDO O ABISMO HOJE EXISTENTE ENTRE OS EDUCADORES DA GERAÇÃO DA PRIMEIRA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A JUVENTUDE RAITEC. CONCEQUÊNCIAS;DESQUALIFICAÇÃO, AUMENTO DOS CONFLITOS NA ESCOLA, DESISTÊNCIA E PRIVATIZAÇÃO DO ENSINO.
NO ENSINO PRIVADO VEMOS QUE A LÓGICA É BEM OUTRA, CADA VEZ SE EXIGE MAIS ESPECIALIZAÇÃO, PESQUISA, PARA FORMAÇÃO DO EDUCADOR, NOS EDUCANDÁRIOS ALÉM DE CONTER MAIOR NÚMERO DE DISCIPLINAS, OS ALUNOS TEM ACESSO EM OUTROS TURNOS A OFICINAS, PROJETOS E OUTROS CONTEÚDOS AONDE PODEM SE APROFUNDAR E SE ESPECILAIZAR EM AREAS QUE POSSÍBILITAM SE QUALIFICAR E SE DIFERENCIAREM FRENTE AO PÚBLICO.
NO FUNDO MARIZA E O GOVERNO FEDERAL QUEREM É AMPLIAR A PRIVATIZAÇÃO, EMPURRANDO OS JOVENS FILHOS DOS TRABALHADORES PARA OS CURSINHOS PRIVADOS.
NÃO MENOS IMPORTANTE É AFIRMAR QUE ESTA PROPOSTA ESTÁ EM CONSONÂNCIA COM OS DITAMES DO GOVERNO FEDERAL (pde) É A LÓGICA DO ENEM, A DISCUÇÃO DO MÉTODO QUE NÃO DISCUTE COM A COMUNIDADE, PODE TER ALGUM APELO, MAS É IMPORTANTE FRIZAR QUE O GOVERNO FEDERAL É O PROPONENTE . MAS O MAIS IMPORTANTE É DICIPAR A ILUSÃO EM QUE OS SETORES GOVERNISTAS ENTRAM E TENTAM LEVAR A CLASSE JUNTO. EM QUANTO FAZEM TEATRO COM ACONFERÊNCIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA O GOVERNO APLICA O QUE QUER, PORTANTO ESTA CONFERÊNCIA SÓ SERVE PARA ENGANAÇÃO.

altemir disse...

Nesta sexta a noite aproveitei uma situação na sala dos professores e levantei o debate sobre a reforma curricular e a reação das colegas foi de quem esta acompanhando com atenção.Gerou brincadeiras do tipo como eu professora de português vou dar aulas de educação física, outra disse que não acredita que isso possa ir adiante pois é muito absurdo... ai pensei, será que tem algum outro Estado onde isso já esta em andamento???
As elaborações da corrente já estão ajudando bastante, valeu....